Você está aqui
Home > Educação > O que é Metaverso? E como será a aplicação dessa tecnologia

O que é Metaverso? E como será a aplicação dessa tecnologia

O Metaverso representa uma nova etapa da tecnologia imersiva, e muitas empresas já dão os primeiros passos para incorporar este novo universo virtual no dia a dia.

O avanço da internet trouxe um mundo de possibilidades para o cotidiano social, transformando a forma como as pessoas se comunicam, interagem, trabalham e se divertem.

Agora, com a realidade virtual expansiva, a expectativa é tornar o usuário parte do ambiente digital, e permitir que ele realize inúmeras atividades de forma nunca vista antes.

Neste artigo, você vai entender mais sobre o que é o Metaverso, quais as possibilidades que essa tecnologia pode trazer e qual o seu impacto em nossa rotina.

O que é Metaverso?

O que é o metaverso?

Metaverso é um universo virtual onde as pessoas poderão interagir entre si por meio de avatares digitais. 

A premissa ainda é relativamente simples, e, mas já podemos ter uma ideia de como nossa realidade poderá ser diferente daqui pra frente.

No geral, espera-se que o metaverso permita a criação de um mundo a partir de diversas tecnologias, como:

  • Realidade Virtual;
  • Realidade Aumentada;
  • Games Play-To-Earn;
  • Criptomoedas;
  • NFTs;
  • Redes Sociais;
  • Entre outros.

A ideia é que essa tecnologia funcione como uma forma de Internet 3D, reunindo não apenas setores de comunicação ou entretenimento, mas também negócios e vida social comum.

Assim, todos essas áreas poderão coexistir de maneira totalmente imersiva e interoperável.

Por enquanto, ainda é difícil descrever, com precisão, o conceito de Metaverso, mas grandes empresas já investem para tornar essa tecnologia uma realidade definitiva.

Como funciona o metaverso?

Como Funciona o Metaverso
Como Funciona o Metaverso

No Metaverso, as pessoas poderão reproduzir aspectos da sua vida física no mundo virtual.

Basicamente, será possível fazer quase tudo que se possa imaginar, desde reunião com os amigos, conferências de trabalho, até a realização de compras e consumo de produtos, tudo dentro da realidade virtual expandida.

Para muitas pessoas, o Metaverso se assemelha a um jogo de videogame, onde o usuário controla seu personagem e permite que ele faça inúmeras atividades.

No entanto, a diferença é que, no caso dessa tecnologia, o personagem é o próprio usuário.

Como um exemplo prático, podemos imaginar o Metaverso como um mundo de avatares, pequenos “bonecos” criados de forma personalizada por uma pessoa.

Este indivíduo, então, se conecta e encontra seus amigos para assistir um filme no cinema. Em seguida, vão a uma loja e compram um novo livro, e, mais tarde, participam de uma reunião de trabalho na sede da empresa.

Tudo isso acontece dentro do universo da tecnologia, e cada atividade é digital, como o ingresso para o cinema, o livro, o dinheiro e os transportes, por exemplo.

No entanto, para que isso seja possível, todos os programas e ambientações devem ser compatíveis, permitindo a fluidez das atividades.

Um dos maiores impactos da aplicação do Metaverso ocorrerá no cotidiano empresarial, que poderá ter toda a sua estrutura modificada por essa nova tecnologia.

Confira algumas das principais influências:

Quais os impactos que o Metaverso trará para o cotidiano empresarial?

Reuniões virtuais

O conceito de reuniões virtuais será totalmente reconfigurado com o Metaverso. Uma vez que ele possibilita a criação e interação de avatares, os membros da empresa poderão se reunir “presencialmente”, sem sair de casa.

Além disso, todo o ambiente poderá ser programado para atender as necessidades da reunião, como salas de conferências, apresentações e todo tipo de equipamento virtual.

Dessa forma, além de possibilitar reuniões com colaboradores de todas as partes do mundo, também traz novas perspectivas para aprimorar esses encontros.

Aquisições de patrimônio

O Metaverso também permitirá a aquisição de patrimônios empresariais dentro do universo virtual, algo que poderá agregar valor à corporação.

Atualmente, já existem negociações de bens únicos exclusivamente digitais, como obras de arte.

Com a expansão do Metaverso para o mundo empresarial, organizações de todo o mundo poderão negociar novas aquisições dentro da realidade virtual, com moedas virtuais.

Isso também trará novas maneiras de contabilizar o verdadeiro valor das empresas.

Novas formas de atuação

Por fim, o Metaverso também fará com que as empresas analisem novas formas de atuar no mercado.

Isso porque não apenas suas rotinas operacionais podem ser influenciadas pela tecnologia, como reuniões e processos produtivos, mas também a maneira como interagem com o consumidor.

Afinal, ele poderá adquirir produtos digitais da empresa.

Nesse caso, será necessário repensar a forma como as corporações atuam e quais as possibilidades que o Metaverso traz para a relação com o público comprador.

Quais as diferenças entre metaverso, realidade virtual e realidade aumentada?

O que é Metaverso?
O que é Metaverso?

A princípio, realidade virtual é uma tecnologia que replica os sentidos humanos dentro de um ambiente digital.

Por exemplo, com a ajuda de aparelhos, o usuário pode sentir cheiros ou sensações físicas, sem estar em determinado ambiente.

Enquanto isso, a realidade aumentada é a união entre os dois ambientes, expandindo elementos virtuais para a nossa realidade física. 

Por exemplo, ao apontar a câmera do celular para um espaço, reproduzir determinado personagem ou imagem de forma ampliada, como se estivesse, de fato, na nossa realidade.

Por fim, o Metaverso é a união dessas tecnologias e de inúmeras outras. Trata-se de uma imersão completa, não apenas que reproduz sensações ou replica objetos de ambos os ambientes, mas um universo 3D dentro da internet.

Empresas que já aderiram ao metaverso

Embora o projeto do Metaverso ainda esteja em desenvolvimento, algumas empresas já investem nas primeiras aplicações dessa tecnologia em suas rotinas. Veja alguns exemplos:

Meta

Mark Zuckerberg surpreendeu o mercado ao anunciar a mudança do nome da companhia da rede social Facebook para Meta, em 2021.

Com isso, indica suas intenções de trazer esse novo universo virtual como principal objetivo para a companhia.

Além disso, antes da marca ser oficialmente lançada, a empresa já havia anunciado um investimento de cerca de U$50 milhões para a construção do Metaverso oficialmente, de acordo com a CNN Brasil.

Microsoft

Enquanto isso, a Microsoft também anunciou o desenvolvimento de elementos do Metaverso em sua empresa, com a chegada dos avatares 3D em sua plataforma de reuniões e chamadas virtuais, o Teams.

Com isso, os participantes poderão interagir em um ambiente de trabalho em realidade virtual e aumentada, proporcionando novas experiências. A tecnologia é o primeiro passo para a implantação do Metaverso completo.

Quais os Principais Desafios do Metaverso?

Desafios do Metaverso
Desafios do Metaverso

Apesar da proposta ousada e das expectativas diante dessa tecnologia, o Metaverso ainda enfrentará alguns desafios, até ser totalmente viabilizado.

Por exemplo, será necessário criar e integrar plataformas totalmente novas, que permitam um universo fluído, com atividades interligadas que operem corretamente.

Não apenas reproduções da realidade, mas também moedas digitais, formas de compra e ambientes adequados para cada operação.

Além disso, não se sabe ao certo, com total segurança, se os aparelhos disponíveis no mercado atualmente serão capazes de reproduzir essa tecnologia.

Nesse caso, antes de disponibilizar o Metaverso para o mercado, será preciso realizar uma série de testes e certificações, que garantam seu funcionamento para todos os usuários.

E você? Acredita que o Metaverso também será parte do universo corporativo? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

TEMOS UM PRESENTE PRA VOCÊ!

Preencha os dados abaixo para ter acesso ao Passo a Passo e receba gratuitamente um e-book exclusivo.
"Como se tonar um Empreendedor Digital"

Deixe um comentário

Top