fbpx
Você está aqui
Home > EM FOCO > Investimento, o que é?

Investimento, o que é?

Você sabe o que é investimento? Investimentos, planejamento financeiro, finanças. Essas palavras podem parecer assustadoras para a maioria das pessoas que não têm contato com o mundo do mercado financeiro, mas não se assuste: é super fácil desvendar o seu significado!

O que é investimento?

De forma ampla, investimento é qualquer desembolso que produza expectativa de ganho futuro. Nesta linha, pode ser considerado diferentes formas de capital como intelectual , social  e natural. Por exemplo, dedicar tempo ao estudo para desenvolver conhecimento sobre determinado assunto, assim como, plantar uma árvore para colher frutos no futuro – ambos podem ser entendidos como formas de investimentos.

Em termos financeiros, investimento é aplicar o seu dinheiro de forma que ele gere rendimentos no futuro. É uma ótima maneira de colocar o seu dinheiro para trabalhar para você: quando você investe, o seu dinheiro passa a gerar ganhos — permitindo que você se beneficie do efeito dos juros compostos — resultando em uma renda extra! E isso, sem que você precise trabalhar mais no seu emprego ou ganhar um aumento.

Investir é diferente de poupar

É bastante comum que as expressões “investir” e “poupar” sejam usadas como sinônimos, apesar de serem coisas diferentes. Poupar tem a ver com guardar dinheiro.

O ato de poupar geralmente exige algum tipo de mudança nos hábitos financeiros, como a contenção de gastos supérfluos, por exemplo. O objetivo é que, no final do mês, a quantia que entrou em caixa seja maior do que a que saiu. Por isso, para conseguir poupar, é necessário ter muito foco para atingir as metas estabelecidas: se eu decido poupar meu dinheiro para comprar um carro, por exemplo, devo conter os gastos pelo tempo necessário até que eu atinja meu objetivo final.

Investir, por outro lado, tem a ver com aplicar o dinheiro poupado para que seja gerado uma remuneração futura através de juros ou correção.

A confusão é gerada pois frequentemente associamos aplicação na caderneta de poupança, que não deixa de ser uma forma de investimento, com o ato de poupar. E por sinal como já abordamos em outro artigo, o rendimento da poupança atual é ruim e esta forma de investimento deve ser evitada.

Investir é diferente de apostar

Outro erro comum é acreditar que investimento é um tipo de aposta. Quem nunca ouviu uma frase como “se quiser investir, aposte no mercado imobiliário” ou algo do gênero?

Contudo, investir não é apostar! Apostar é arriscar o seu dinheiro em um tipo de investimento totalmente incerto e aleatório, sem que haja qualquer garantia de retorno. Na aposta, você depende totalmente da sua sorte para conseguir algum tipo de retorno — é literalmente como jogar na loteria.

Já o investimento, como dito, pressupõe algum tipo de estudo e análise sobre o negócio e seus riscos antes de investir nele. Isso não quer dizer que o retorno é 100% certo, mas o estudo prévio dos possíveis desfechos traz uma maior possibilidade de lucro.

Não existe investimento sem riscos!

Saiba que não existe investimento sem risco! O que existe são investimentos com tipos de riscos diferentes, em maior ou menor grau. Até mesmo guardar o dinheiro poupado em casa é arriscado, já que ele poderá se desvalorizar por causa da inflação. Ou seja: não há como fugir do risco quando se fala em investimento.

Por isso mesmo, na hora de investir, é importante saber qual a sua tolerância ao risco. As perguntas a serem feitas assumindo investimentos são: qual nível de risco é mais adequado para o meu perfil? Qual seria a minha reação a possíveis perdas no curto prazo, para poder ganhar no longo prazo? Essas perguntas são importantes para traçar um perfil do investidor e a estratégia de investimento mais adequada àquele tipo de perfil.

Por que investir?

A princípio, a resposta para essa pergunta pode parecer simples: ganhar mais dinheiro. Mas ganhar mais dinheiro para quê? A resposta desta pergunta pode variar de pessoa para pessoa: alguns podem querer adquirir uma casa própria, outros podem querer ter uma vida tranquila após a aposentadoria, dentre muitos outros variados motivos possíveis — a maioria relacionado à segurança financeira.

Fato é que traçar seus objetivos é essencial para o planejamento financeiro e deve ser sempre o primeiro passo para quem pretende ser um investidor de sucesso.

Como começar a investir

Agora que você já sabe um pouco mais sobre investimentos, que tal começar a investir? Uma boa maneira de começar é passar para o papel todos os aspectos da sua situação financeira atual: os bens que você possui, quais suas fontes de renda, e até mesmo suas dívidas e despesas fixas. Assim, você poderá ter certeza do quanto pode investir.

O próximo passo é escolher o tipo de investimento mais recomendado para o seu perfil. Uma boa ideia é  procurar uma consultoria de investimento isenta, que irá te ajudar a fazer um plano de investimentos personalizado.

ZURC Investimento:
https://zurcinvestimentos.com/abrir-conta?patrocinador=14094

Alcateia Investimento:
https://painel.alcateiainvestimentos.com/painel/wolf/ppiressolucoes

Home Page: http://meusinvestimentos.info/
FaceBook: https://www.facebook.com/meusinvestimentos/
Instagram: https://www.instagram.com/meusinvestimentos/
WhatsApp: +55 61 – 9 9224.0004

Ótimos Ganhos…
👉🏼 Canal informativo e divulgação das melhores opções seguras de investimento virtual.
*** https://chat.whatsapp.com/J7xoGdsQiLUIwS3KugsDl9

Top